terça-feira, agosto 21, 2012

Badhoneys - Harder

Um som que vem fazendo minha cabeça nos últimos dias é o da banda gaúcha Badhoneys. No final de junho a She Hoos Go teve o prazer de tocar novamente no mesmo festival que eles e além de fazermos uma jam session linda ao lado da Giana Cognato (Badhoneys), Bruna Provazi (Top Surprise) e da Letícia Lopes (Cretina, Catillinárias) também ganhamos um exemplar do novo EP da Badhoneys, Harder, lançado em 2011 pela Transfusão Noise Records. Dias depois, coloquei para tocar em casa e desde então não parei mais de escutar. A viagem de pouco mais de vinte minutos começa com a poderosa e barulhenta "You'll See", que me cativou de primeira com uma porrada sonora, para equilibrar os ânimos a próxima é "No One" um apelo melancólico, que em quase cinco minutos vai e volta na brincadeira com melodias dissonantes. "Deserve It" é apaixonante e na minha opinião a melhor do EP, tem todo o potencial, beleza e empatia para conquistar, o vocal rouco, as mudanças ao longo da música, a letra, tudo! A próxima é "Motherf****", até agora a única escolhida para a gravação de um clipe (que por sinal, ficou ótimo) e foi uma boa escolha, a música tem um refrão marcante e forte, os solos da Giana deixam clara a influência dos anos noventa na identidade da banda. O EP termina com "Cry", música sombria, triste, mas com momentos de  catarse, inclusive acho que essa é uma característica presente em quase todas as músicas do Harder, tem sofrimento, mas também tem a purificação, a esperança. Como um todo, em questão musical o que me chama atenção é que os três integrantes conseguem, igualmente, deixar sua marca no resultado final e a sintonia entre baixo e bateria é envolvente. No mais, só escutando para experimentar todas essas sensações que só a música pode despertar.

Harder [ download ]


sexta-feira, agosto 03, 2012

The Coathangers

The Coathangers é o resultado da união de amigas que escolheram a música como meio de diversão e descontração. Formada em 2006, na cidade de Atlanta, a banda já conta com três álbuns de estúdio lançados pela Suicide Squeeze Records: um auto-intitulado de 2007, Scramble (2009) e Larceny & Old Lace (2011). A sonoridade é influenciada pelo punk, pelo garage e tem aquele ar de despreocupação do indie rock. Todas as integrantes são pro-choice e o nome da banda foi escolhido por fazer uma alusão vulgar a essa opinião. The Coathangers é formado por Julia Kugel (guitarra/vocais), Stephanie Luke (bateria/vocais), Candice Jones (teclado/vocais) e Meredith Franco (baixo/vocais)