sexta-feira, novembro 18, 2011

Joan Jett "The Hit List"

Well, já escrevi aqui uma biografia da Joan, já babei olhando suas fotos, já pintei o cabelo de preto e até  tentei fazer um corte igual ao dela. Hoje vou apenas falar um pouco de um (dos muitos) álbuns de sua discografia, o The Hit List, lançado em 1990. Fãs da Joan assim como eu, podem me xingar, mas depois dos três primeiros álbuns, meus preferidos são o Evil Stig e The Hit List, ambos com covers (o primeiro com músicas do Gits, confira Top #5: Albuns de Riot Grrrl). Verdade seja dita, Joan Jett é uma ótima intérprete, cantora e guitarrista, porém não tão boa compositora. Whatever, vou falar do Hit List, não criticar minha musa inspiradora.


Como o nome diz, ela selecionou vários clássicos do rock n'roll e fez sua versão. Salvo "Love Hurts" (mais conhecida na versão do Nazareth) e "Have You Ever Seen The Rain" (Creedence) que são músicas "clichês de doer", as outras todas ficaram muito boas. "Pretty Vacant" do Sex Pistols deixou um pouco da precariedade do punk primitivo e ficou digna de tocar em rádio. "Tush" do ZZ Top ficou perfeita na voz rouca de Joan e mais animada que a original. E o outro grande ponto alto do disco é a penúltima faixa, "Love Me Two Times" do The Doors que apesar de não chegar perto da original ficou muito interessante nessa versão. Vale a pena baixar.

"Dirty Deeds" (AC/DC, 1976)
"Love Hurts" (The Everly Brothers, 1960)
"Pretty Vacant" (Sex Pistols, 1977)
"Celluloid Heroes" (The Kinks, 1972)
"Tush" (ZZ Top, 1975)
"Time Has Come Today" (The Chambers Brothers, 1968) 
"Up From the Skies" (The Jimi Hendrix Experience, 1967) 
"Have You Ever Seen the Rain?" (Creedence Clearwater Revival, 1970)
"Love Me Two Times" (The Doors, 1967)
"Roadrunner USA"  (The Modern Lovers, 1972)

5 comentários:

  1. Eu prefiro "Pretty Vacant" original. Mas enfim, eu tamb gosto do álbum.

    ResponderExcluir
  2. Uma boa lista, mas concordo com Rh[a]i , A versão original de Pretty Vacant é bem melhor

    ResponderExcluir
  3. Creio que todo o fã da banda que fez a música original vai torcer o nariz para as versões da Joan. Eu, por exemplo, quando escutei um teclado entrando em uma das minhas músicas favoritas do AC/DC quase cai da cadeira...quando sopraram um sax eu quase enfartei.
    Por outro lado, elogie-se Joan por ter pego vários clássicos e deixar de um jeito que parecem ter sido gravados naquele momento por ela. Os fãs delas irão gostar.
    E o público em geral também.

    ResponderExcluir
  4. Eu amo a Joan, mas ela não é uma boa compositora. Salvo só por Cherry Bomb da época de The Runaways.
    Eu gosto de Have You Ever Seen the Rain, acho que sou a única.

    ResponderExcluir