quinta-feira, setembro 22, 2011

Joan Jett

Joan Jett é uma das mulheres mais influentes no rock mundial, não é a toa que recebe frequentemente o título de 'Rainha do Rock'. Hoje, dia 22 de setembro é o 53º aniversário dela e minha homenagem fica por conta dessa pequena biografia.

Joan Marie Larkin nasceu em Winnewood, um subúrbio da Filadelfia, Pensilvania, no dia 22 de setembro de 1958. Em 1967 mudou-se para Rockville, Maryland onde frequentou Randolph Junior High and Wheaton High School. Aos 13 anos ganhou de natal dos pais sua primeira guitarra, após algumas aulas começou a passar a maior parte do tempo escrevendo canções. Pouco depois mudou-se com sua família para Califórnia. Em Los Angeles, Joan teve a oportunidade de interagir com alguns dos seus ídolos, inclusive Suzi Quatro, uma das primeiras figuras femininas no rock a tocar guitarra. Jett era sua fã incondicional e inspirava-se muito em Suzi, desde o modo de vestir-se até o corte de cabelo. A jovem usando sapatos com Suzi Quatro esculpida na plataforma de madeira, aguardava anciosamente em saguões de hotéis onde a guitarrista estava hospedada afim de tentar ter algum contato ou apenas admira-la. Joan curtia as noites no Rodney Bingenheimer's English Disco, único lugar onde podia escutar seu estilo musical preferido, o glam-rock, que fazia mais sucesso na Europa e no Reino Unido.


The Runaways

Idealizada por Joan Jett juntamente com o produtor Kim Fowley, a banda foi formada no final de 1975 com Sandy West, Micki Steele (depois substituída), Lita Ford e Cherrie Currie. Lançaram quatro albuns de estúdio e um ao vivo bastante memorável no Japão, país onde a banda fez maior sucesso. Apesar de contarem com ótimas músicas como "Cherry Bomb", "You Drive Me Wild", "Blackmail", "California Paradise", "Hollywood".. (a lista é grande) o sucesso da banda foi bastante restrito, provavelmente por conta do machismo existente no rock. Infelizmente (ou felizmente) grande parte do público conheceu a banda após quase trinta anos desde que terminou, através de um filme lançado em 2010 que conta parte da trajetória de Joan Jett e Cherrie Currie no Runaways. Interpretadas pelas atrizes Kristen Stewart e Dakota Fanning que também regravaram alguns sucessos da banda.

Carreira Solo


Com o fim do Runaways, na primavera de 1979, Joan Jett foi para a Inglaterra. Gravou três músicas com Paul Cook e Steve Jones (ex membros do Sex Pistols). No mesmo ano voltou para Los Angeles para completar o filme "We're All Crazy Now!", vagamente baseado na história do Runaways. Durante esse projeto conheceu o produtor e compositor Kenny Laguna, tornaram-se amigos e começaram a trabalhar juntos. Em parceria com Kenny, seu primeiro album solo, auto-intitulado, foi lançado na Europa no dia 18 de maio de 1980. Nos EUA, após serem rejeitados por 23 gravadoras, Joan e Kenny fundam a Blackheart Records, com o dinheiro da poupança para a faculdade da filha de Laguna. Jett torna-se a primeira mulher a começar sua própria gravadora. 

The Blackhearts
Sem muito retorno com o primeiro album solo, Joan coloca um anuncio no L.A. Weekly a procura de musicos. Junto com o baixista Gary Ryan, o guitarrista Eric Ambel e o baterista Danny "Furious" O'Brien estava formado o Joan Jett & The Blackhearts. Após excursionar por todo EUA a banda ganhou mais fãs e assim relançaram o album de Joan pela gravadora Boardwalk Records, agora intitulado de "Bad Reputation". Após um ano apenas fazendo shows, em 1981 é lançado o album "I Love Rock n'Roll" principal responsável pelo sucesso de Joan Jett até hoje, graças ao cover de mesmo nome: "I Love Rock n'Roll". Em 1982 o dono da Boardwalk morreu e a gravadora fechou as portas. Joan se mandou para a MCA Records, onde gravou dois discos razoáveis.

" Em 1986, Joan asssinou com a CBS, que lançou “Good Music”, disco que teve uma repercussão melhor que os seus antecessores.
Ainda em 86, Joan estreiou no cinema ao lado do ator Michael J.Fox no filme “Light of Day”.
Após a frustrada tentativa de entrar em Hollywood, Joan voltou a pensar em sua carreira musical e em 88 saiu o álbum “Up Your Alley”, o disco devolveu status a musicista que recebeu discos de platina pelo álbum que tinha como carro chefe a canção “I Hate Myself for Loving You”.  Com o prestigio em alta e o bolso cheio, Joan se deu ao luxo de lançar um álbum só de covers chamado “The Hit List”.
Em 91 ela voltou a compor e com a ajuda de Paul Westerberg (The Replacements), gravou o disco “Notorius”. "  Trecho retirado do Whiplash

Em 1994 é lançado o album "Pure & Simple", com músicas escritas em parceria com Kat Bjelland (Babes In Toyland), Donita Sparks (L7) e Kathleen Hanna (Bikini Kill). Joan Jett chegou a ser rotulada pela mídia de "Godmother of Punk" e "Original Riot Grrrl", de fato Joan serviu de inspiração para muitas "riots" que montaram suas bandas na década de noventa.

Enfim, Joan Jett está na ativa e sempre envolvida em vários projetos, porém a rainha do punk ainda não deu as caras aqui pelo Brasil. Na internet tem alguma movimentação para traze-la, como essa petição (assine!).

Curiosidades:
* A comida favorita da Joan é peixe, arroz e batatas.
* Suas cores preferidas são roxo e vermelho.
* Seus esportes favoritos são baseball, basquete e futebol.
* Sua estação favorita é o verão.
* Joan foi nomeada pela revista Rolling Stone a 87º melhor guitarrista de todos os tempos. A outra mulher nessa lista é Joni Mitchell.

Downloads:
* The Runaways 1976 [ download
* The Runaways - Queens Of Noise [ download ]
* Joan Jett - Bad Reputation [ download ]
* Joan Jett & The Blackhearts [ download ]

5 comentários:

  1. Joan Jett é diva! Essa é uma das que deveriam estar no Rock in Rio... Essa sim, tem a essência do Rock e muito talento, ao contrário de certas loiras baianas que, além de não ter talento, ainda comparam o público roqueiro a nazistas! Depois ela fala que quem a vaiou que é intolerante... Me poupe.

    ResponderExcluir
  2. pq ela não tava no rock in rio? se ela tivesse lá ia fazer toda a diferença pq tinham muitos musicos nada a ver

    ResponderExcluir
  3. Meu fã clube lindo que fez a petição diva =B hihi, amei *-*

    ResponderExcluir
  4. Meu fã clube que fez a petição u.u e agora a Joan está vindo! Mas não por causa dela, mas foda-se, ela vem!

    ResponderExcluir