segunda-feira, julho 04, 2011

Bandas Femininas Made In Brazil [parte dois]


Mais um post dedicado ao pessoal que pensa que no Brasil não tem mulher que faz rock de verdade. Hoje vou falar de duas bandas femininas brasileiras, Menstruação Anárquika e Kaos Klitoriano.Undergrounds? Sim. Mas de grande importância para a cena riot grrrl desse país onde "cultura é mulher pelada".

Menstruação Anárquika


"Banda formada em 1993, com o propósito de passar através de suas letras o que achamos errado, tentando buscar uma solução para que possamos melhorar nossa forma de pensar e agir em nosso cotidiano.
Resistir levando a todos o nosso lema: PUNK UM DIA, PUNK ATÉ MORRER!" 
Fonte: Myspace

Bazar Dos Milagres [Download]



_________________________________________________________________________


Kaos Klitoriano


"O “Kaos” começou junto com o movimento na década 90, e estavam praticamente sozinhas na cena brasiliense, pois não existia outras bandas no movimento de punk/hc. Lançaram um split em 2000 numa coletânea.  O nome “Kaos Klitoriano” significa a humilhação da mulher, a invisibilidade, inferioridade, a violência, objeto de procriação, “é o Kaos” da existência da mulher dentro da historia. E ‘clitóris’ é uma palavra forte ligada às mulheres. Seus ‘riffs’ são rápidos assim como um verdadeiro HC tem que ser, seu vocal cantado e gritado alguma vezes, acabam ficando bem acidas com suas letras que falam sobre aborto, política, amor livre e derivados.
A banda, pelo que entendemos parou/terminou, mais no coração da molecada que tem aquela música na cabeça que chega a se tornar vicio (“Kaos kaos kaos, klitoriariano.. é o kaaaaooos KLI-TO-RI-A-NO!”), ainda tem esperanças da banda voltar a ativa."  
Fonte: Menstrual Attack

Kólica & Kaos Klitoriano (split LP) [download]




8 comentários:

  1. Rock na veia e todos os estilos me atraem!!
    Punk sem frescura!!
    Gostei da banda Kaos, foda que o áudio tá horrível!
    Mas vou ver se acho mais alguma informação sobre elas.
    Muito bom o blog!

    Vamos trocar banners? Vou clocar o seu já e estou te seguindo.
    Abraço!

    www.anjoguerreirodeluz.blogspot.com

    ResponderExcluir
  2. Parabéns pelo blog. Já estou seguindo.

    Nos faça uma visitinha...
    Meu Cantinho:
    http://mile-meucantinho.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  3. adoreeei o blog e estou seguindo!!


    qnd tiver um tempinho, de uma passadinha no meu?


    bjooos

    http://cabecafeminina.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  4. Não consegui colocar seu banner, não aparece no blog!

    ResponderExcluir
  5. Oii estou te seguindo!
    Ficarei muito feliz se vc visitar o meu blog e me seguir tb :)
    Bjs

    http://conversadeblogueiro.blogspot.com

    ResponderExcluir
  6. Punk até morrer!

    Hahaha, brigada pelo comentário, a minha guitarra é uma groovin.

    ResponderExcluir
  7. Oi, Scarlet.
    Acabei de atualizar se banner, viu? Me desculpe pelo lapso mas, sempre que for preciso, fique à vontade pra "me lembrar" ;-)
    Acho que a história do rock no Brasil deve bastante às mulheres. De Celly Campelo - a primeira a interpretar o gênero no nosso país - pra cá muita coisa mudou: muitos estilos, muitas gerações, muitas influências. Mas uma coisa é certa: mesmo que não nos identifiquemos com elas é impossível falar do Rock verde-amarelo sem citar Celly Campelo, Vanderléia, Rita Lee, Cássia Eller (que mesmo sem tocar propriamente o gênero tinha o r'n'r na alma), entre outras.
    Até mais.

    ResponderExcluir