quarta-feira, janeiro 05, 2011

Lia em Lágrimas


O mofo da parede me lembra o quanto eu era feliz naquele confinamento
Em que minha mente era o centro e eu vivia  l e n t a m e n t e

Cada milésimo de segundo como uma gota cremosa deslisando na pele machucada
Inclusive, lembra muito da pessoa amada, outra ilusão criada

Surgia mais uma vez dentre sua beleza traços dessa nítida tristeza
Impecável e suja, barata e vendida, estado emocional extremamente e forçadamente cl i ch ê

Lembro dos passos que flutuavam na cabeça, em sincronia com a leveza
Restando um minuto para finalmente desaparecer da consciência

e Resurgindo novamente ao anoitecer.

17 comentários:

  1. muito bom...
    as paredes, os amores, desamores...
    a nostalgia de perceber nosso desgasta e as lembrças que se vem ao silencio da noite..

    perfeito..

    http://gothicpoesia.blogspot.com

    ResponderExcluir
  2. Seu estilo é bem complexo... Uma atmosfera densa, bem típico de quem fala do fundo da alma. Uma forma de falar de si, sem expor-se , daí o tom intimista, quase que incompreensível do que vc quer dizer. Mas vi no seu texto o lado positivo de estar só, que é poder sentir-se completamente. E me chama atenção a passagem "Inclusive, lembra muito da pessoa amada, outra ilusão criada", onde você expressa uma certa decepção. Mas a vida é assim, cheia de lugares sombrios, e o grande lance dela é nossa capacidade de conseguir iluminar esses lugares.

    Abração


    http://estacaoprimeiradosamba.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  3. Confesso que tive problemas em entender seu texto. Ele parece ir em vários lugares ao mesmo tempo. Não estou reclamando nem achando ruim, estou tentando pisar nas suas pegadas pra tentar sentir o que vc quer passar, mas cada marca parece apontada pra uma direção diferente. Abs!

    http://atmosphera2.blogspot.com/
    http://atmosphera2hq.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  4. Putz...

    Poesia curta, mas bem profunda, às vezes nosso mundinho particular é o local mais seguro.

    Parabéns

    ResponderExcluir
  5. liinda dms *_*
    parabéns peelo blog!
    beeijos e sucesso! ;*

    ResponderExcluir
  6. ahh eu gostei do estilo que vc escreve..
    lindo..
    seguindo..
    http://the-blog-teenager.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  7. Nossa, muito sombrio, terei que ler umas duas vezes para entender a compkexidade dos sentimentos que este texto trasmite.
    Muito bom parabéns

    ResponderExcluir
  8. Não há necessidade de entender o que se passa na cabeça de quem escreve e sim de sentir as palavras e atribuir a elas suas próprias impressões. Gostei do texto, profundo e metafórico, apresentando as diretrizes de uma angústia que pode se esvair mas que retorna quando a noite chega.

    ResponderExcluir
  9. Goostei,goostee'

    Lindo seu blog..
    parabens.
    Tô te seguuindo,segue tambem?

    http://nuvemdelagrimas.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  10. Consiga 1 milhão de visitas no seu blog, basta se cadastrar e divulgar...
    http://www.1milhaodevisitas.com/?aff=3473


    Ganhe dinheiro apenas a ler e clicar em anúncios do seu interesse! Unindo o útil ao agradável!
    Rentabilize os seus tempos livres, gratuitamente e sem sair de casa!!
    Ganhe por por fazer aquilo que você já faz diáriamente na internet...
    http://www.publipt.com/pages/index.php?refid=gianfelippe

    ResponderExcluir
  11. O pequeno texto é maravilhoso, as palavras expressa muito bem o que quer transmitir.

    #Beijos e Sucesso
    http://semfreiosblog.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  12. Bem complexo o seu texto.
    Mas interessante.
    Profundo parece que relata a dor de uma perda no amor e a solidão após isso.

    ResponderExcluir
  13. , gostei muito do que vi e li (:
    bastante legal *-*

    ResponderExcluir
  14. Oi, Scarlet! Muito lindo seu blog, flor! Parabéns!!
    Adorei o poema! É muito belo! Meus parabéns!!
    Já estou te seguindo!!!

    Gostaria que me seguisee e que comentasse em meu blog:
    www.riot-vicious.blogspot.com


    Desde já, muito obrigada!
    RIOT kisses,
    Mari.

    ResponderExcluir
  15. Adorei o visual novo do blog!

    Seus textos são sempre muito intensos, carregados de sentimento. Nesse vc usa o elemento mofo que cobre as paredes, de uma forma metafórica: pode se tratar tanto de amores carnais, quanto amores fraternos, de amigos e de pais.

    Muito bom, gostei msm!

    ResponderExcluir