segunda-feira, outubro 11, 2010

The Runaways - Garotas Do Rock


 Finalmente chega aos cinemas o filme que conta parte da trajetória de umas das primeiras bandas totalmente femininas a conquistar a fama.Estrelado pela atriz que ficou consagrada com a saga Crepúsculo, Kristen Stewart, no papel da roqueira Joan Jett, acompanhada de Dakota Fanning, interpretando a vocalista, Cherrie Currie, o filme parece ter tudo para ser um sucesso de bilheteria.

Dakota Fanning, Joan Jett, Kristen Stewart e Cherrie Currie
Porém, é só ter um olhar um pouco mais critico para perceber que esse longa não se trata propriamente de uma "obra-prima".Quando assisti o filme, senti que apartir da metade deu uma "quebrada" no roteiro e o filme tornou-se cansativo e repetitivo, o enredo poderia ter sido mais explorado, mas ao invés disso, repetiu-se a formula clichê de todos filmes de rock, deixando evidente a falta de experiencia da estreante Floria Sigismondi, responsável pelo roteiro e direção.

Além disso, o filme torna-se fraco, considerando a parcialidade com que os fatos foram narrados.Com a verdadeira Joan Jett na produção-executiva e roteiro embasado na biografia Neon Angel: The Cherie Currie Story, The Runaways propositalmente deixa de fora a importante contribuição da guitarrista-solo Lita Ford.Nas poucas aparições de Lita (interpretada por Scout Taylor-Compton) ela falou coisas inúteis e pareceu encrenqueira, deixando-se entender que ela tenha sido o pivô da separação do grupo.

"Só quero que as pessoas saibam que não tenho nada a ver com o esse filme", Lita Ford disse em entrevista a Rolling Stone. "O agente de Joan [Jett] ofereceu alguns milhares de dólares para comprar os direitos sobre minha história de vida. Achei isso nojento - nunca respondi de volta."

Mas, obviamente não são só pontos negativos, o filme é recheado de músicas ótimas, a trilha sonora conta com Stooges, David Bowie, Suzi Quatro e Sex Pistols, sem falar nas regravações da banda, cantadas pelas próprias atrizes, Kristen e Dakota, com certeza esse é um diferencial muito interessante.O figurino segue a tendência dos anos 70, meio andrógena de Bowie, justamente como as integrantes vestiam-se
Acredito que a história foi um pouco enfraquecida pela forma que foi contada, mas ainda assim, vale a pena assistir, e tirar sua própria conclusão.

4 comentários:

  1. Se não me engano essa é uma das bandas que o RHCP faz sátira em um dos seus clipes, Dani California.

    ResponderExcluir
  2. Interessante, eu, por ser mto. fã de rock britanico, acabo deixando de lado conhecer certas coisas do mundo do rock- o q é um erro meu que preciso melhorar...rs. Essa banda mesmo que vc. postou, que foi inspiração para o tal filme, eu nunca tinha ouvido falar, ah mas as trilhas sonoras, no último volume rssssss
    Se estiver a fim de conhecer um pouco do escrevo, vai lá ó:

    http://www.pequenosdeleites.blogspot.com

    ResponderExcluir
  3. Confesso que estou curiosa por ver este filme.. e temia o que vc falou, a mesma fórmula repetitiva de filmes do gênero... Ainda sim fiquei feliz já só por "reavivarem" a banda e o que ela representou.

    ;D

    ResponderExcluir
  4. Tenho uma opinião parecida com a sua.. Gostei do filme, mas acho que esperava mais. Salvo isso..rs Gostei da trilha sonora e da atuação das atrizes..

    ResponderExcluir